Categorias
Design

“Desenvolver o projeto do curso de UX me ajudou a conseguir esse emprego”

O processo para migrar de área de atuação no mercado pode despertar um frio na barriga de muitas pessoas, porém, toda a jornada começa a valer a pena quando seus objetivos são alcançados!

Entrevistamos Rafael Yamanouti, nosso ex-aluno do curso de UX Design que, pouco mais de um mês de sua apresentação de projeto de conclusão de curso, conseguiu o seu primeiro emprego na área de Design!

Confira a entrevista e inspire-se. Venha mudar o seu futuro com a Mentorama!

Rafael, parabéns pelo emprego novo na Deeploy! Conta um pouco mais sobre a Deeploy e o cargo que você vai exercer?

Rafael – Muito obrigado pelos parabéns!  A Deeploy é uma empresa que lida com recrutamento, especificamente de profissionais da área de UX Design. Nesse processo, ela auxilia os designers a melhorarem a sua postura profissional e ficarem mais “atrativos” no mercado. E do outro lado, a Deeploy também ajuda empresas com a contratação de designers! Estou muito animado em atuar como UI designer! 

Como foi o processo de contratação? 

Rafael – Por incrível que pareça, o processo de contratação foi super tranquilo! Eu tive a sorte de já conhecer o entrevistador. O Mao Barros é um querido e ele esteve na banca avaliadora do meu projeto final do curso de UX (mais pra frente eu falo disso).

Essa é a sua primeira experiência profissional?

Rafael – Eu sou formado em arquitetura e urbanismo e minhas experiências de trabalho até então eram dessa área. Em design é sim meu primeiro emprego. 🙂

Na Mentorama você desenvolveu o trabalho de conclusão de curso como se fosse um projeto para uma empresa real e com a avaliação de profissionais do mercado. Você acredita que toda essa jornada foi determinante para conquistar a vaga? 

Rafael – Com certeza eu ter desenvolvido o projeto de conclusão do curso de UX me ajudou a conseguir esse emprego. Eu aprendi muito durante o processo com o pessoal da Duck Design Studio e meus colegas. Sem contar que foi na apresentação onde o Mao e eu nos conhecemos, isso acabou tornando as coisas mais fáceis pra gente!

Quais desafios você acredita que vai encontrar nessa nova fase da sua jornada profissional?

Rafael – Vejo dois tipos de desafios. Um mais voltado para a parte ferramental da coisa, que também é muito legal porque aprender a usar novas ferramentas acaba aumentando as nossas possibilidades de projeto. E o outro ponto é relacionado às boas práticas e o dia a dia de um designer que ainda estou me adaptando. 

O Centro de Carreiras da Mentorama desempenhou um papel importante na sua contratação?

Rafael – O Centro de Carreiras da Mentorama me ajudou bastante. Tomei conhecimento dessa vaga quando as meninas do CdC avisaram no grupo do Discord. Me candidatei e depois de uns dias já tive o bate papo com o Mao.

Você gostaria de passar algum recado para os alunos da Mentorama?

Rafael – Acho que o melhor conselho que eu posso deixar é: para os alunos de UX, façam o projeto final e bastante! Ele abre portas, além de você sair com um case para seu portfólio! 😀

É isso! Muito obrigado, Mentorama e espero que essa conversa possa ajudar o pessoal! 😀