Categorias
Gamedev

5 habilidades necessárias para trabalhar com Design de Games

A indústria de games é uma das que mais cresce no mundo. Em 2021, o mercado de jogos gerou uma receita de aproximadamente 180 bilhões de dólares, segundo dados da NewZoo.

Diante desse grande crescimento, muitos profissionais buscam essa indústria como ponto inicial para suas carreiras e, muitas vezes, como a área escolhida para uma transição de profissão. 

Enquanto isso, a indústria de games oferece inúmeras possibilidades de trabalho. Entre elas, o design de games, uma área do desenvolvimento de jogos e que utiliza recursos de design e criatividade durante a criação de um jogo. 

Não é novidade que para ter sucesso profissional são necessárias habilidades específicas. Para você que deseja se tornar designer de games, nós selecionamos 5 competências necessárias para conquistar oportunidades no mercado de jogos. Confere só. 

1) Habilidades criativas

Pode parecer óbvio, mas é preciso pontuar: o designer de games é um profissional criativo. Em sua rotina de trabalho é comum executar tarefas que envolvem escrita, arte e programação e todas elas precisam de competências criativas. 

“A área de game design é basicamente dedicada às pessoas que querem criar funcionalidades, mecânicas, formas de jogar e criar interações lúdicas”, destaca o produtor de games, Lucas Stannis

Justamente por ser uma profissão que possui várias facetas e mescla responsabilidades distintas, a criatividade se torna essencial para o desenvolvimento de jogos atrativos e divertidos para os jogadores. 

2) Noções sobre interatividade

A premissa básica de um bom designer de games é saber como desenvolver um jogo divertido para que os usuários não fiquem entediados. Para isso, é muito importante ter conhecimento teórico e prático sobre noções de interatividade e como aplicá-las. 

Como explica o game designer, Gilliard Lopes, o designer de games tem que desenvolver um jogo interativo e despertar no jogador a sensação de que aquele é o melhor jogo que ele já experimentou na semana.O Game Designer tem que ser um especialista em gerar conteúdo e features que vão capturar a atenção e vão divertir os jogadores”, aponta.

Descubra mais sobre essa profissão neste webinar gratuito e exclusivo: 

3) Conhecimento básico de protótipo

Na criação de um jogo, é necessário testar com frequência tudo que é desenvolvido. Durante as testagens, é possível perceber o que funciona e descartar ou substituir o que não está bom o suficiente. 

Por essa razão, a técnica de prototipação é extremamente importante. O designer de games não precisa ser um expert nessa técnica, mas o conhecimento básico é essencial para aprimorar os mecanismos do jogo em desenvolvimento.

Como já apontado, o design de games envolve interação em todas as etapas. Para alcançar o resultado de um jogo interativo, muitas prototipagens estão envolvidas. 

4) Técnicas de storytelling

Um bom jogo tem uma boa história, não é mesmo? Designers de game precisam dominar a habilidade de contar uma boa história, através de diversos elementos como: humor, suspense e conflito.

E como isso é feito? Para contar uma boa história em um jogo muitas estratégias podem ser utilizadas: piadas entre os personagens, composições musicais, animações e conflitos na narrativa. 

Quer saber como funciona na prática? Nós temos um bom exemplo. Recentemente, estudantes da Mentorama lançaram um jogo desenvolvido do zero no laboratório prático GameLab, com auxílio de um mentor expert. 

O jogo desenvolvido tem um storytelling bem original e a narrativa é focada em um entregador de pizzas fazendo suas entregas durante um apocalipse zumbi. Divertido, não é mesmo? É exatamente sobre isso que se trata um bom storytelling: manter o jogador interessado. 

Quer saber mais sobre o jogo e o processo de desenvolvimento? Leia o artigo September 28 Pizza: um jogo criado do zero no GameLab da Mentorama

5) Adaptabilidade

Assim como outras indústrias do entretenimento, o mercado de jogos muda com frequência e as tendências acompanham essas mudanças. Nesse cenário, um bom profissional da área precisa se adaptar rapidamente.

Técnicas e tendências de Game Design podem ser aprendidas através de cursos e webinars.

Sendo assim, é muito importante se manter atualizado sobre o que está em alta no momento e o que poderá impactar a indústria no futuro. As técnicas e tendências podem ser aprendidas através de cursos e webinars.

No canal do Youtube da Mentorama, você encontra uma variedade de webinars gratuitos sobre design de games e outras profissões do futuro, ministrados por especialistas do mercado.Essa é uma ótima plataforma para ficar a par das novidades. 

Quer se tornar Designer de Games? Entre em contato e descubra como podemos te auxiliar.