Banca final de Web Design com a ioasys: criação de projeto para uma empresa real

Já imaginou criar um projeto para uma empresa real? Nossos alunos de Web Design aproveitaram essa oportunidade incrível

Desenvolver um projeto  para um cliente é sempre um grande desafio, mas que gera muitas oportunidades incríveis para a carreira.

Em dezembro, os alunos do curso de Web Design tiveram a chance de criar um projeto para ser avaliado pela empresa brasileira de inovação tecnológica, ioasys.

Batemos um papo com o Henrique Cacique, People Lead da ioasys, Diego Gouvea, Design Coordinator da ioasys e Stefanie Moraes, Designer da ioasys. Conversamos sobre a experiência das bancas e a importância de participar desses momentos. Quer saber mais? Confira abaixo!

Aceitar participar de um projeto, como o que foi proposto pela ioasys é um desafio muito grande para profissionais que estão finalizando seus estudos. Na sua opinião, quais eram os principais desafios dos alunos?

Stefanie: Esse projeto com certeza fez com que os alunos tivessem uma verdadeira imersão com a empresa. Acredito que os principais desafios foram realmente trazer aquela sensação do funcionário estar se sentindo abraçado pela ioasys em um momento tão especial como uma retrospectiva. 

Henrique: O principal desafio foi a realização de uma imersão na nossa cultura. Foi muito legal observar como os alunos se dedicaram a entender os aspectos que constroem a nossa forma de expressão e nosso jeito de ser. Conseguimos perceber claramente que eles se empenharam muito nessa etapa de pesquisa, que é essencial para um bom projeto. 

Diego: O desafio no desenvolvimento do projeto foi mergulhar ao máximo na maneira da ioasys fazer as coisas. Conhecer o branding, o tom de voz que usamos principalmente nas redes sociais, e ousar nas soluções e na maneira de apresentar um conteúdo customizado e relevante utilizando interações do usuário com a retrospectiva, gerando uma experiência inesquecível.

Quais eram as suas expectativas com o resultado do trabalho? Você acha que os alunos atingiram essas expectativas?

Stefanie: Por ser um ato de muito valor para os funcionários da ioasys, nossas expectativas com certeza eram de encontrar projetos que mostrasse a cultura da empresa de uma forma especial,  e com certeza os alunos da Mentorama trouxeram ideias incríveis.

Henrique: Uma das grandes expectativas era entender como o mercado e esse novo profissionais percebem esses atributos culturais da nossa marca, além disso era importante que os alunos conseguissem desenvolver propostas que tivessem aderência com nosso negócio. Com certeza eles chegaram em propostas aplicáveis à nossa realidade.  

Diego: Esperava ver bastante inovação e soluções que fossem “fora da caixa” que ainda assim tivessem consistência com a identidade visual que a ioasys já utiliza hoje em dia no digital. 

Os alunos atingiram muito bem as expectativas e também foram muito bem orientados quanto ao “dever de casa” pesquisando sobre a empresa e coletando o máximo de insumos para criarem um projeto completo e disruptivo.

O que mais surpreendeu você ao analisar os projetos apresentados pelos alunos?

Stefanie: Ver o quanto se esforçaram em pesquisar referências por designs que se encaixam bem com as propostas visuais que usamos em nossos projetos aqui na ioasys. E com certeza todo o esforço em absorver o máximo de conteúdo para construir os projetos, foi algo que me deixou bem feliz.

Henrique: Com certeza foi a dedicação com a fase das pesquisas e a preparação para para a apresentação do projeto na banca, com ótimos protótipos e clareza na transmissão dos propósitos de cada um. 

Diego: Fiquei muito surpreso com as interações propostas no protótipo que os alunos criaram. Todos demonstraram estar dominando muito bem os recursos fornecidos pelo figma, apresentando com muita fidelidade o projeto. 

Também os alunos apresentaram com bastante propriedade os projetos, falando muito bem e demonstrando saber do que estavam falando. Parecia até que trabalhavam na ioasys (risos).

Quais são as vantagens de aprendizado para os alunos que submetem a entrega do projeto para um cliente real?

Stefanie: Ter uma experiência mais próxima da realidade do mercado de trabalho, além é claro, de agregar valor ao portfólio dos alunos.

Henrique: Sem dúvida a grande vantagem está em conseguir mensurar a aplicabilidade do projeto na realidade da empresa. Além dos alunos terem oportunidade de realizar um networking com nossos profissionais que estão na ponta do mercado. 

Diego: Sem dúvida é a experiência com algo real que iram vivenciar no dia a dia do mercado digital. Não só dominar ferramentas disponíveis, mas também desenvolver soft-skills de falar em público, defender conceitos e propor soluções logo no início da carreira é um diferencial muito positivo.

O que é necessário para criar um projeto de destaque?

Stefanie: Um projeto de destaque precisa não só de um visual bem desenvolvido, mas também de todo um background por trás.

É necessário se preocupar com a usabilidade, criar uma experiência consistente do início ao fim e com certeza entender o usuário, o público para o qual você está desenvolvendo o projeto.

Criar um projeto do zero é um grande desafio, que exige planejamento, criatividade e responsabilidade.

Henrique: Ter muito respeito pela história e pelos materiais que o cliente já traz. Isso pode te ajudar muito no momento em que você pretende trazer uma proposta nova que irá transcender aquilo que já é feito pela marca. 

Nesse processo é muito importante que os alunos se dediquem muito a ter essa vivência com a marca, com a cultura da empresa, com a forma de pensar e se expressar das pessoas ligadas a essa marca. 

Acredito que todo produto digital é fruto de uma intenção de expressão e quanto maior o diálogo e proximidade entre o profissional que está propondo o projeto e a marca, maior será qualidade da entrega. 

Diego: Conhecer as regras e o momento de quebrá-las, saber o que é e não é possível com os recursos e tempo disponível para o desenvolvimento do projeto são pontos importantes para potencializar as chances de um projeto de alto impacto.

Quais dicas você daria para os alunos que passarão por esse processo no futuro? 

Stefanie: Não deixem de entender detalhadamente o cliente/case que vocês utilizarão no projeto de vocês, pesquisem muito, vejam referências para seguir uma linha visual que faça sentido pro projeto, mantenham a consistência visual, não esqueçam da acessibilidade. E além de tudo, se divirtam e aprendam ao longo do processo!

Henrique: Sempre se dedicar ao processo de imersão e pesquisa e fazer uma leitura muito profunda das referências passadas pelo cliente. É muito importante treinar a nossa sensibilidade. 

Diego: Pensem fora da caixa não apenas na execução do projeto em si, mas também colham referências de fora da sua “bolha” e área de atuação. Quanto mais bagagem e conhecimento de outras áreas do design, arte, arquitetura, cinema… coisas do mundo real, melhor será a experiência de quem utiliza o produto digital. E por último e não menos importante: Criem produtos para as pessoas!

Quer impactar sua carreira? Entre em contato e descubra como podemos te auxiliar.

 

 

 

Escrevemos sobre conceitos e notícias do mundo do design, programação, desenvolvimento de jogos, educação, desenvolvimento pessoal, carreira e negócios.
Inscreva-se em nosso blog

Não te mandaremos spam!
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments